19 de abr de 2008

DEVANEIOS - E assim tudo começou - QUINTO DIA



- Acordei por volta das sete horas. Não conseguia mais dormir. Fiquei mais um pouco na cama curtindo aquela preguiçinha matinal. Levantei, tomei banho, lavei cabelo, me sentia suada. Desci. Ajudei na lavação da varanda da casa. Relatei os detalhes sobre a noite anterior. Iríamos receber um casal para almoçar conosco. O cardápio foi bacalhau com molho de camarão e siri. Por volta das 11:00 hs o casal chegou, conversamos, rimos bastante, a fofoca foi colocada em dia.
Por volta das 13:00 horas, subi para buscar um refrigerante e uma espumante que se encontrava na geladeira do andar superior, para comemorarmos nosso almoço.
Estava penteando meu cabelo, quando olhei pela janela e o vi lá embaixo, na casa da frente, encima da moto, consertando-a.
Então lhe falei do alto da janela, sorrindo, toda feliz:
- Oi.... que visão maravilhosa..... Bom dia.....
Ele olhou e sorriu respondendo bom dia.
- Já almoçou?
Balançou com a cabeça respondendo negativamente.
Convidei-o para almoçar conosco. Recusou porque iria almoçar na casa da mãe.
-Irás aparecer mais tarde?
- Disse que sim.
Desci. Pedi para outra pessoa da casa, convidá-lo para almoçar, o que foi feito. Já estávamos na mesa, quando ele chegou.
Coloquei outro prato e ele almoçou conosco. Foi maravilhoso. Vê-lo assim tão perto - divino. Vontade de beijá-lo - muita. De tocá-lo - enorme.
Depois foi embora. O casal saiu por volta das 1600 horas. A bateria do carro da casa, que estava estacionado na garagem pifou. Tentamos resolver o problema e nada conseguimos.
Ele não apareceu nem à tarde, nem à noite e nem telefonou. Evaporou-se.
Sei que vou quebrar minha cara e vou sofrer, ou melhor, já estou sofrendo com este amor impossível.
Aí a alta estima foi lá embaixo - considerei-o superior a minha pessoa.
Dei-me conta que era o dono do condomínio.... porque assim foi apresentado... e isto me soou como mais um motivo de distanciamento.
Que tem uma situação financeira e social muito superior, que é bem
relacionado e que tenho dificuldade de fazer amizades novas. Que sou arredia no primeiro contato, até conhecer melhor as pessoas. Sem atrativos.
Ufa! Considerei-me um lixo.
Mas..... desculpei-me. Fui boazinha comigo mesma. Isto fazia parte do cansaço e de uma noite mal dormida. Foi só momentos de baixo astral. Nada que uma noite bem dormida não consiga resolver. Depois do lanche noturno fui dormir mais cedo que o habitual.
Como sempre meus pensamentos estavam direcionados para uma só pessoa. Meu amor platônico.
E neste doce enlevo, adormeci.(sonmarry)
*******
************

Nenhum comentário: