15 de fev de 2008

PROCURO UM AMOR



Encontra-se meu coração livre para amar e ser amada.

Um amor sem cobranças, possessividade, brigas e achincalhes.

Um amor com muito discernimento, carinho, harmonia, cumplicidade, amizade, doação, paixão, ternura e dedicação.

Um amor que mande flores semanais, bilhetinhos ocasionais e surpreendentes, que puxe a cadeira para eu sentar ou abra a porta do carro para entrar, que se preocupe com o frio de uma noite de inverno para me aquecer ou o calor excessivo da noite de verão para me refrescar.

Um amor que me trate como uma boneca de porcelana, com muito cuidado e zelo, para eu não quebrar.

Um amor que ao entardecer caminhe na beira da praia, no quarteirão da minha casa ou até mesmo numa ruela esburacada, porém sempre de mãos dadas.

Um amor que ao deitar, me aconchegue no seu peito, me beije na boca, me faça cafuné e me diga “boa noite e durma com os anjos”.

Um amor que ao acordar, me brinde com um lindo sorriso e um gostoso “bom dia amor”.

Um amor que no café da manhã, possa juntinhos sentar, trocar mil carícias no olhar e que continue a emanar vibrações harmoniosas de mais uma noite maravilhosa.

Por onde andará este amor incondicional? (sonmarry)

2 comentários:

Conceição disse...

Oi, amiga!
Bela mensagem! Como sempre, tens lindas textos para nos oferecer, e tirarmos os grilos da cabeça.. rss
Obrigada por ser essa pessoa tão maravilhosa!
Bjus!

Conceição disse...

qOi, amiga!
Bela mensagem! Como sempre, tens lindas textos para nos oferecer, e tirarmos os grilos da cabeça.. rss
Obrigada por ser essa pessoa tão maravilhosa!
Bjus!